Risoto de tomate seco e mussarela de búfala – Lu Rezende

Este risoto foi feito pela minha querida cunhada Luiza. Ela sempre nos recebe com mesas lindíssimas, floridas, que tornam a refeição sempre muito especial. Os pratos sempre são pensados para agradar os convidados. A Lu é extremamente delicada e tem o dom de receber.  A família adora quando ela entra na cozinha e se o prato é risoto, não sobra nada! Convidamos ela para fazer um risoto lá em casa e aqui está o resultado.

O Risoto é sempre uma forma de reunir os amigos na cozinha e fazer com que eles participem de todo o processo do jantar. Eu adoro este momento de cozinhar, conversar, provar…delícia!

Risoto da Lu

 

INGREDIENTES/UTENSÍLIOS

  • 500g de arroz arbóreo;
  • 1/2  xícara de vinho branco seco;
  • 2l de caldo de legumes;
  • 1 cebolas grandes picada em pedaços pequenos;
  • 2 colheres (sopa) de azeite;
  • 300g de tomate seco;
  • 300g de mussarela de búfala;
  • 50g de queijo parmesão ralado;
  • sal;
  • 1 colher (sopa) de manteiga;
  • manjericão;

MISE EN PLACE

  1. Prepare o caldo de legumes.
  2. Separe 2 panelas: uma para o caldo e outra para o risoto.
  3. Separe todos os ingredientes.
  4. Pique a cebola em pedações pequenos.
  5. Pique o tomate seco em pedações pequenos – Dica da Lu: use uma tesoura.
  6. Pique a mussarela de búfala.
  7. Pique as folhas de manjericão.

COMO FAZER

  1. Coloque o caldo em uma panela para ferver. Quando ferver abaixe o fogo. Mantenha o caldo no fogo para que ele continue quente.
  2. Em outra panela, esquente o azeite e refogue a cebola até dourar.
  3. Junte o arroz e refoge por uns 2 minutos.
  4. Adicione o vinho branco seco e mexa até o vinho evaporar.
  5. Coloque 2 conchas do caldo e mexa sem parar. Quando o caldo tiver secando, adicione outra concha e repita o processo a medida que o caldo for evaporando. O processo deve levar aproximadamente uns 17 minutos ou até que fique no ponto (al dente e cremoso).
  6. Quando o arroz ficar no ponto, misture o tomate seco picadinho.
  7. Desligue o fogo.
  8. Coloque uma colher de manteiga e mexa bem. Isso vai dar brilho ao risoto.
  9. Junte a mussarela de bufála, o manjericão e misture.
  10. Acerte o sal.
  11. Coloque o risoto na travessa que irá servir e salpique o queijo ralado.
  12. Sirva imediatamente.

Dica: Não deixe o caldo evaporar todo para que o risoto não fique seco.

Serve 6 pessoas.

Anúncios

Berinjela com Tahine – CT

Esse semana tivemos o nosso tão esperado evento: Terças lá em casa. A escolhida da noite foi a Berinjela e o Chef querido, Claude Troisgros. Esta receita é do livro Que Marravilha – Jantares.

Fica a super dica. Leve, fácil, mas não tão rápida. Ficamos com a impressão que em um churrasco seria perfeita. Prometemos tentar.

Vou postar a receita original.

foto

 

Ingredientes/Utensílios

  • 8 berinjelas pequenas;
  • azeite;
  • 2,5 colheres (sopa) de tahine;
  • suco de 1/2 limão;
  • 1 dente de alho picado;
  • 2 colheres (sopa) de água filtrada;
  • pimenta síria;
  • sal a gosto;
  • paprica doce;
  • folhas de salsa;

 

Como fazer

  1. Lave, seque e depois molhe as berinjelas no azeite.
  2. Coloque as berinjelas inteiras numa grelha sobre a chama do fogão.
  3. Vire de vez em quando até tostar e murchar. (isso demora um pouco)
  4. Enrole em um papel alumínio e descasque as berinjelas, elimine os resíduos da casca escurecida e coloque no prato.
  5. Amasse as berinjelas com um garfo. Reserve
  6. Misture o tahine com o suco de limão.
  7. Acrescente o sal, o alho, a pimenta síria, a água filtrada e misture novamente.
  8. Regue as berinjelas com o tahine e depois com azeite.
  9. Decore com um pouco de páprica doce e as folhas de salsa.

Dica do Claude: Para Obter o sabor defumado típico da receita é importante tostar bem as berinjelas.

Serve 8 pessoas.

Sunomono – 酢の物 – só pepino

Essa foi a salada do jantar de ontem na minha casa. Uma vez fiz esta salada e meu marido me disse: tão pouco, poderia comer uma quantidade absurda. Ontem, eu fiz 3 pepinos e acho que ainda não atingi a quantidade absurda. 🙂

Sunomono quer dizer alimentos avinagrados em japonês. Para nós, sunomono é um vinagrete de pepino com kani. Eu não gosto de kani então, a minha receita é só com pepino. Fique à vontade para adicionar cenoura ou kani. Também ficará uma delícia!

O segredo da receita é cortar o pepino bem fino e desidratá-lo. Você vai precisar de uma mandolina ou outro cortador para auxiliar.

photo

Ingredientes/Utensílios

  • Mandolina;
  • 3 pepinos com casca;
  • 6 colheres de sal;
  • 4 colheres de açúcar branco;
  • 7 colheres de vinagre de arroz (tem que ser o de arroz);
  • gergelim torrado;

Como fazer

  1. Fatie o pepino usando uma mandolina ou outro utensílio de forma que ele fique bem fino;
  2. Misture as fatias do pepino com as 6 colheres de sal (é muito mesmo, mas depois vamos lavar o pepino);
  3. Deixe descansar por 30 minutos. O sal vai desidratar o pepino, fazendo com que ele solte muita água.
  4. Escorra a água que o pepino soltou e lave bem o pepino.
  5. Deixe o pepino de molho na água até o sal ser todo removido. Vá trocando a água de tempos em tempos. Esta etapa é rápida.
  6. Tempere o pepino com o açúcar, vinagre e uma pitada de sal.
  7. Deixe marinar na geladeira por pelo menos 30 minutos.
  8. Na hora de servir, coloque o gergelim torrado.

Serve 4 pessoas normais ou 1,5 aqui em casa 🙂

Orzo com ameixa e funcho – Celeiro

Buscando receitas que possam ser feitas com antecedência, encontrei esta salada no livro do celeiro. Fiquei curiosa e em dúvida se ela ia fazer sucesso, mas resolvi arriscar. Fui comprar o funcho na Cobal do Humaitá e lá mesmo compartilhei a receita com mais 2 senhoras. Elas saíram de lá, com todos os ingredientes e super animadas.

Aqui em casa ela fez sucesso. O livro  indica que a massa pode ser substituída por tabule ou couscous e continuar mantendo os sabores da África do Norte.

A salada pode ficar 2 dias na geladeira.

 orzo

Ingredientes/Utensílios

  • 2 colheres de sopa de azeite de oliva;
  • 1 colher de sopa de alho amassado;
  • 750g de funcho cortado em cubos médios;
  • 500g de orzo (massa formato arroz);
  • 1 colher de sopa de sal marinho;
  • 1kg de tomares, sem pele e sem sementes, cortados em cubos médios;
  • 1/4 de xícara de caldo de limão;
  • 1 colher de sopa de raspa de limão;
  • 300g (ou 2 xícaras) de ameixa preta lavada, seca e cortada ao comprido em tiras finas.

Como fazer

  1. Em uma panela funda ponha 2,5l de água para ferver.
  2. Em uma frigideira média, aqueça o azeite, refogue o funcho por 3 a 4 minutos até que comece a soltar um pouco do aroma, sem ficar mole ou descolorado. No último minuto adicione à frigideira o alho. Retire do fogo e deixe esfriar.
  3. Junte o funcho, os tomates, as ameixas, o caldo e a raspa de limão.
  4. Tempere com sal e verifique o azeite.
  5. Quando a água estiver fervendo, cozinhe o orzo até ficar al dente. Retire a água, escorra com uma peneira e junto ao molho.
  6. Deixe tomar gosto na geladeira em um vasilhame fechado por pelo menos 1 hora.

 

Couscous de mix de cogumelos – Sabor Sonoro

Já tem um tempo que fiz esta receita. Amo tomate, couscous e cogumelhos, então não preciso falar muito.

IMG_0208

Ingredientes/Utensílios

  • 400g de cogumelos variados;
  • 1 xícara (chá) de couscous
  • 1 cebola pequena
  • manteiga e azeite
  • 6 tomates medios

Como fazer

  1. Corte as tampas dos tomates e tire a parte de dentro. Reserve.
  2. Refogue a cebola na manteiga e azeite até dourar, despeje os cogumelos já lavados e picados, e um pouco de sal.
  3. Adicione o couscous, meia xícara de água, misture bem e desligue a panela.
  4. Recheie os tomates com o couscous e leve-os ao forno médio por 20 minutos.

Serve 6 pessoas.

http://saborsonoro.com.br/2013/11/paris/

Lasanha de Beringela com carne moída

Jantar de hoje. Ou meu marido se apaixona por beringela, ou rompe com ela de vez.

Uma delícia disfarçada de lasanha. 

lasanha Desktop1

Ingredientes/Utensílios

  • 1/2 cebola média picada em cubos;
  • 2 dentes de alho amassados;
  • 1 tomate maduro cortado em cubos sem as sementes;
  • 150g de carne moída;
  • 1 colher de extrato de tomate;
  • 100 ml de água, se for preciso;
  • 1 beringela grande;
  • 6 colheres de sopa de queijo minas padrão ralado;
  • tomilho fresco a gosto;
  • manjericão fresco a gosto;
  • sal e pimenta do reino a gosto;
  • azeite;

Como fazer

  1. Fatie a beringela no sentido do comprimento. A fatia deve ter uma espessura de aproximadamente 5 cm para a lasanha não desmontar.
  2. Pincele azeite no tabuleiro, disponha as beringelas, coloque sal e pincele mais um pouco de azeite sobre elas.
  3. Leve ao forno pré aquecido (180ºC) por 30 minutos.
  4. Enquanto a beringela está no forno,  refogue, em um fio de azeite, o alho e a cebola até que a cebola fique translúcida.
  5. Acrescente o tomate e deixe por 2 minutos.
  6. Junte a carne moída e tempere com sal e pimenta.
  7. Deixe a carne cozinhar. A carne soltará água naturalmente. Quando a água da carne secar, acrescente o manjericão, o tomilho, o extrato de tomate e a água se for necessário. O molho não deve ficar muito líquido.
  8. Acerte o sal e a pimenta e reserve.

Lasanha:

  1. Em um pirex que possa ir ao forno, coloque uma camada do molho com a carne, uma camada de beringela, outra camada de molho, o queijo ralado e vai repetindo este processo. A última camada deve ser de beringela.
  2. Salpique por cima desta beringela mais um pouco do queijo minas padrão ralado.
  3. Leve ao forno, na mesma temperatura  (180ºC), por mais 30 minutos.

Você pode deixar esta receita tão light quanto queira. Reduza a quantidade de azeite e não use muito queijo!

Serve 2 pessoas.

Tabule – do jeito que eu gosto

Adoro tabule, gosto ainda mais quando é bem azedinho e sem pepino. Servi a receita com um frango feito no Terças lá em casa. Será a próxima receita do blog!

Gosto é gosto, então faça como preferir: acrescente pepino, mais salsa, mais cebola e decida sobre o limão. 

IMG_0102

 

Ingredientes/Utensílios

  • 1/2 xícara de triguilho (para kibe);
  • 1/2 xícara de água filtrada;
  • 1/2 cebola pequena;
  • suco de 1 limão;
  • 2 tomates picados em cubinhos e sem sementes;
  • 2 colheres (sopa) de azeite;
  • salsinha a gosto;  (Uso mais ou menos 3 colheres sopa cheias)
  • hortelã a gosto;
  • sal;
  • pimenta do reino;

Como fazer

  1. Deixe o trigo de molho na água por 20 minutos.
  2. Pique a cebola em cubos bem pequenos, quanto menor, melhor. Reserve.
  3.  Pique a salsinha. Eu também gosto dela bem pequena, como chamamos na cozinha, batida. Reserve
  4. Corte grosseiramente o hortelã. Reserve.
  5. Após os 20 minutos, retire o excesso da água e misture ao trigo todos os ingredientes: cebola, tomate, salsa, hortelã, azeite e o suco de limão.
  6. Misture tudo e tempere com sal e pimenta.

Serve 4 pessoas.

Creme de brócolis com toque de limão

Esta sopa é extremamente simples, deliciosa e super light. Para os amantes de brócolis fica a dica.

Para deixar a sopa ainda mais light, não refogue a cebola em fio de azeite. Se preferir, nem coloque a cebola, ainda dará certo.

brocolis 2

Ingredientes/Utensílios

  • 1 brócolis americano médio;
  • 1/2 cebola média;
  • raspas de limão;
  • sal e pimenta do reino a gosto;
  • fio de azeite;

Como fazer

  1. Pique a cebola em cubos pequenos. Reserve.
  2. Separe as flores do brócolis do caule. Deixe de um tamanho que você não precise cortar mais, que seja fácil comer com a colher.
  3. Pique o caule em pedaços médios. Você pode usar ele todo. A parte mais espessa no final pode ser descascada, por dentro ele é tão macio quanto a parte de cima.
  4. Leve para cozinhar o caule e 1/4 das flores em mais ou menos 500 ml de água com sal. Deixe ficar bem macio para que seja possível bater no liquidificador.
  5. Bata no liquidificador o brócolis cozido e um pouco da água do cozimento, aproximadamente 150 ml. Reserve o restante da água.
  6. Reserve o creme.
  7. Em outra panela cozinhe o restante (3/4) das flores  da couve flor com sal até que fiquem al dente. (eu gosto do brócolis mais firme)
  8. Escorra e leve a um recipiente com água e gelo para interromper o cozimento e manter o verde vivo do brócolis.
  9. Refoque a cebola em um fio de azeite até que fiquem transparente e adicione as flores do brócolis. deixe por 2 minutos.
  10. Misture o refogado com o creme.
  11. Agora você pode acertar a consistência que quer o seu creme. Se quer mais ralo, adicione mais água do cozimento do brócolis. Acerte o sal e pimenta e adicione as raspas de limão.

Você pode adicionar a receita, no refogado, folhas de espinafre ou incrementar adicionando um polenguinho quando já tiver no prato.

Serve 3 pessoas.