Empadas de Queijo da Barão

Saudades da Barão, do convívio e da comida. Essas empadinhas já tem um tempo que eu fiz para o Mi. Pensando em repetir amanhã.

Fica a dica para o lanche do feriado. 🙂

IMG_0733

 

Ingredientes/Utensílios

Massa:

  • 10 colheres (sopa) de farinha de trigo;
  • 2 colheres (sopa) de manteiga;
  • 2 colheres (sopa) de creme de leite;
  • 1 gema;
  • 1 pitada de sal;
  • 1 colher (chá) de fermento;

Recheio:

  • 200g de queijo minas frescal ou padrão;
  • 2 colheres (sopa) de queijo ralado;
  • 2 gemas;
  • 2 colheres (sopa) de creme de leite;

Como fazer

  1. Para a massa: Amasse bastante até dar liga. Se ficar seco demais, adicione mais uma gema.
  2. Monte a massa nas forminhas de empada.
  3. Misture todos os ingredientes do recheio até formar uma papinha.
  4. Preencha as forminhas.
  5. Leve ao forno moderado de 15 a 20 min, até dourar.

A empada pode ser congelada antes de assar e ir do freezer direto para o forno.

Risoto de tomate seco e mussarela de búfala – Lu Rezende

Este risoto foi feito pela minha querida cunhada Luiza. Ela sempre nos recebe com mesas lindíssimas, floridas, que tornam a refeição sempre muito especial. Os pratos sempre são pensados para agradar os convidados. A Lu é extremamente delicada e tem o dom de receber.  A família adora quando ela entra na cozinha e se o prato é risoto, não sobra nada! Convidamos ela para fazer um risoto lá em casa e aqui está o resultado.

O Risoto é sempre uma forma de reunir os amigos na cozinha e fazer com que eles participem de todo o processo do jantar. Eu adoro este momento de cozinhar, conversar, provar…delícia!

Risoto da Lu

 

INGREDIENTES/UTENSÍLIOS

  • 500g de arroz arbóreo;
  • 1/2  xícara de vinho branco seco;
  • 2l de caldo de legumes;
  • 1 cebolas grandes picada em pedaços pequenos;
  • 2 colheres (sopa) de azeite;
  • 300g de tomate seco;
  • 300g de mussarela de búfala;
  • 50g de queijo parmesão ralado;
  • sal;
  • 1 colher (sopa) de manteiga;
  • manjericão;

MISE EN PLACE

  1. Prepare o caldo de legumes.
  2. Separe 2 panelas: uma para o caldo e outra para o risoto.
  3. Separe todos os ingredientes.
  4. Pique a cebola em pedações pequenos.
  5. Pique o tomate seco em pedações pequenos – Dica da Lu: use uma tesoura.
  6. Pique a mussarela de búfala.
  7. Pique as folhas de manjericão.

COMO FAZER

  1. Coloque o caldo em uma panela para ferver. Quando ferver abaixe o fogo. Mantenha o caldo no fogo para que ele continue quente.
  2. Em outra panela, esquente o azeite e refogue a cebola até dourar.
  3. Junte o arroz e refoge por uns 2 minutos.
  4. Adicione o vinho branco seco e mexa até o vinho evaporar.
  5. Coloque 2 conchas do caldo e mexa sem parar. Quando o caldo tiver secando, adicione outra concha e repita o processo a medida que o caldo for evaporando. O processo deve levar aproximadamente uns 17 minutos ou até que fique no ponto (al dente e cremoso).
  6. Quando o arroz ficar no ponto, misture o tomate seco picadinho.
  7. Desligue o fogo.
  8. Coloque uma colher de manteiga e mexa bem. Isso vai dar brilho ao risoto.
  9. Junte a mussarela de bufála, o manjericão e misture.
  10. Acerte o sal.
  11. Coloque o risoto na travessa que irá servir e salpique o queijo ralado.
  12. Sirva imediatamente.

Dica: Não deixe o caldo evaporar todo para que o risoto não fique seco.

Serve 6 pessoas.

Sopa de cebola roxa gratinada – CT

A temperatura cai e me dá vontade de comer uma sopa. Adoro sopas! É claro que sopa de cebola é uma das minha preferidas, senão a número 1.

Esta receita me leva à Paris com um toque de Claude. Em quase todos os restaurantes que  comi em Paris, eu pedi uma sopa de cebola. Comi boas e ruins. A receita é do livro Jantares do Que Marravilha. Dá para matar a saudade.

Corra pra cozinha!

IMG_0414


 

Ingredientes/Utensílios

  • 4 cebolas roxas grandes fatiadas;
  • 1 colher (sopa) de farinha de trigo;
  • 500 ml de água ou caldo de legumes; (se o caldo não for feito em casa, use água)
  • 120 ml de vinho branco seco;
  • 2 colheres (sopa) de azeite;
  • 1 colher (sopa) de manteiga;
  • 2 dentes de alho picado;
  • 1 bouquet garni;
  • sal e pimenta do reino;
  • torradas de pão baguete amanhecido;
  • 300g de queijo tipo suisse ralado ou gruyère.

Como fazer

  1. Esquente o azeite e derreta a manteiga.
  2. Junte as cebolas e o alho e refogue até dourar.
  3. Junte o vinho branco e deixe ferver.
  4. Coloque a farinha de trigo e misture bem.
  5. Adicione a água e o bouquet garni.
  6. Ferva por 20 a 30 minutos em panela tampada.
  7. Na hora de servir, verifique o tempero e coloque um pouco de sopa em uma cumbuca. Cubra com torradas e uma camada do queijo.
  8. Leve ao forno quente para gratinar.

Serve 4 pessoas.

Macarrão com presunto da Valerinha

Domingo passado, para matar a saudade da família, fizemos o macarrão da minha sogra lá em casa. O macarrão é assim: impossível parar de comer, fácil de fazer, com sabor de família e com direito a disputa pela crosta do queijo. A receita que fizemos não é a original dela, mas é uma delícia e tem uma história.

Um dia, para agradar o Miguel, eu fiz o macarrão como eu achava que era. Ele adorou, agradeceu, comeu muito e no final me disse: está uma delícia, mas o da minha mãe é diferente e muito melhor. Ele tem toda razão. Nas férias, ela fez o macarrão na minha casa e eu descobri que tem um segredinho que realmente muda tudo. Eu não vou contar. A receita que está ai já é gostosa o bastante, melhor que isso só feita pela minha sogra. 🙂

 

IMG_0235
IMG_023410560EEC-838E-4CFE-9B0D-52F34A11ED53

Ingredientes/Utensílios

  • 1 cebola picada em cubinhos;
  • 1l de leite;
  • 3 colheres de sopa de farinha de trigo;
  • 3 colheres de sopa de manteiga;
  • 500g de penne cozinho al dente;
  • 300g de presunto fatiado cortado em cubinhos;
  • queijo parmesão a gosto;
  • noz moscada a gosto;
  • sal e pimenta;

Como fazer

  1. Em uma panela, refogue a cebola na manteiga até que fique translucida.
  2. Faça o molho de acordo com o molho branco. A única diferença está na cebola, que é refogada com a manteiga e só depois a farinha é acrescentada.
  3. Tempre o molho com noz moscada e acerte o sal e pimenta. Cuidado com o noz moscada, é forte e pode roubar o sabor.
  4. Coloque o presunto cortado no molho e misture.
  5.  Misture o penne já cozinho no molho e coloque em uma travessa em duas camadas: penne, queijo parmesão ralado e novamente penne e queijo parmesão ralado.
  6. Leve ao forno para gratinar.

Chame a família!

Serve 4 pessoas.

Figos Assados para a Sogra – Sabor Sonoro

Nunca dei bola para figos. Eventualmente comia figos na salada, mas nunca foi minha fruta preferida da salada. Este ano minha sogra passou uma temporada com a gente e me chamou a atenção para o figo, ela adora! Fui em busca de receitas, encontrei esta, fiz e fiquei apaixonada.

Agora, já tenho uma receitinha para agradar a minha sogra na próxima visita. 🙂

Aí está a receita original. Eu só inclui o manjericão no final, no prato.

IMG_0374

IMG_0373 (1)

Ingredientes/Utensílios

  • Figos;
  • Queijo Fresco ou Brie;
  • Mel;
  • Manjericão fresco ou tomilho
  • Azeite;
  • sal;
  • pimenta do reino;

Como fazer

  1. Faça um corte em cruz nos figos até o fundo mas sem separar as partes.
  2. Acrescente os cubinhos de queijo e folhas de manjericão dentro dos figos.
  3. Uma pitada, bem de leve, de pimenta do reino e sal. Se você tiver flor de sal então, melhor ainda!
  4. Asse por 15 minutos em forno preaquecido a 220º.
  5. Finalize com um fio de azeite.

Segue o link da receita original: http://saborsonoro.com.br/2012/04/figos-assados-com-queijo-e-mel/