Penne gratinado com queijo de cabra

Sem muita história, esta foi só para matar a fome.
É bem forte por conta do queijo de cabra, mas uma delicia para os apreciadores.

Ingredientes:

500g de penne cozidos, al dente;
300g de tomatinhos (cereja);
300g de brócolis cozidos (al dente);
500 ml de molho branco;
300g de queijo de cabra ralado (cuidado, se achar forte use menos);
50 g de parmesão ralado;
folhinhas de manjericão fresco a gosto;
orégano fresco a gosto;
noz moscada a gosto;
sal;
açúcar;
2 dentes de alho;
Se quiser, azeitonas pretas para finalizar; (não usei)

Como fazer:
Fique a vontade para usar molho branco pronto. Tempere com orégano fresco, sal e noz moscada. Reserve.
Amasse os dois dentes de alho (com a casca), uma pitada de açúcar e manjericão. O alho ainda permanecerá inteiro, porém irá liberar o aroma. Em um fio de azeite, refogue o alho com os tomatinhos. Retire os tomatinhos e tempere com sal e pimenta. Reserve.

Monte em uma assadeira a massa da seguinte forma:
Uma camada do molho branco; metade do penne, metade do brócolis, metade dos tomatinhos, metade do queijo de cabra e parmesão. Repita o processo finalizando com os queijos.
Leve ao forno para gratinar.
Sirva imediatamente.

Anúncios

Risoto de camarões com palmito – CT

Este risoto é simplesmente divino. Acho que todo mundo tem que fazer um dia.

Fez o meu dia dos namorados mais gostoso. 
Entrada: Alcachofras com azeite e limão.
Prato Principal: este risoto maravilhoso
Sobremesa: Mango Sundae, também do Claude Troisgros, que eu vou postar logo depois.
Esta receita serve 4 pessoas.
Ingredientes:
12 camarões VG (usei 1 quilo de camarões médios)
azeite
50g de cebola
300g de arroz arbóreo ou carnoli
80 ml de vinho branco seco
Caldo de camarões (você vai precisar de 1litro)
150g de palmito pupunha
40g de parmesão grana padano
60 ml de creme de leite fresco
1 colher (sopa) de manteiga
Como fazer:
Puxar no azeite 12 camarões VG descascados, cortados ao meio e temperados. Retirar da panela e reservar.
Na mesma panela, puxar no azeite 50g de cebola picada, sem tostar, só até ela ficar transparente. Juntar 300g do arroz e suar um pouco mais. Déglacer com 80 ml de vinho branco e deixar secar. Agora é parte mais chata e longa, necessita de atenção. O tempo de preparo é de 20 min. Colocar devagarzinho concha por concha do caldo de camarões (fervendo). Repito: concha por concha, para o arroz absorver o caldo. Continuar este processo até atingir 14 conchas. Então, acrescentar o palmito cortado em cubinhos, 40g do parmesão cortado em cubinhos e continuar mexendo, acrescentando mais uma concha do caldo. Adicionar 60 ml de creme de leite fresco. Verifique os temperos, junte os camarões e retire do fogo.
Adicione uma colher de manteiga sem sal para dar brilho.

Carne Assada com Penne – Gula Gula

Este almoço foi o Rey quem preparou. Tudo estava ótimo. Conseguimos beber três garrafas de vinho, incrível!

Ingredientes:

Carne Recheada:
1 kg de lagarto;
1 cenoura média;
300g de bacon fresco;
1 cenoura média ralada;
1 cebola média em cubos;
1 talo de aipo em cubos;
1 cabeça de alho-poró em cubos;
2 folhas de louro;
4g de sal;

Molho Ferrugem
20g de farinha de trigo;
200ml de shoyu;
250ml de vinho tinto;
250ml de água;

Penne
500ml de creme de leite fresco;
25g de manteiga sem sal;
20g de catupiry;
20g de parmesão;
20g de gorgonzola;
200g de penne cozido al dente;

Carne Recheada:
1 Limpe o lagarto deixando a gordura. Com a ajuda de uma faca fina, abra um buraco bem no centro da carne para rechear.
2 Descasque a cenoura, corte ao meio no sentido do comprimento e acerte a largura para que fique toda por igual.
3 Corte o bacon em tiras compridas na mesma proporção que a cenoura.
4 Recheio o lagarto com metade da cenoura e uma tira do bacon. (se o bacon estiver congelado o processo fica mais fácil).
5 Em uma vasilha plástica, junte o lagarto e todos os temperos. Leve para marinar na geladeira por 12 horas.
6 Coloque o lagarto (inteiro) com a marinada em uma caçarola média. Deixe cozinhar até que todo o líquido seque e que o lagarto esteja dourado (aproximadamente 30 minutos). Cubra a carne com água, leve de volta ao fogo e deixe até ficar macia (aproximadamente 30 minutos). Retire da panela e reserve.

Molho Ferrugem
1 Faça o molho ferrugem na mesma caçarola. Misture a farinha com o shoyu, o vinho e a água e junte ao que ficou na caçarola. Cozinhe por 5 minutos, coe e reserve. Para servir, retire o excesso da gordura do lagarto, fatie e aqueça diretamente no molho.

Penne
1 Leve o creme de leite e a manteiga ao fogo brando em uma panela. Deixe ferver. Junte os queijos misturando até fundir. Acerte o sal e a pimenta e deixe reduzir por 5 minutos.
2 Misture o penne com o Molho e siva em seguida.

Filé Mignon em crosta de 4 Pimentas – Claude Troisgros

Carnaval lá em casa!
Essa receita estava na minha lista há muito tempo. Eu tinha certeza de que ia adorar e não deu outra, que delicia! Usei pimenta rosa importada de Itaipava que ganhei no trabalho. Mais uma vez, obrigada pela pimenta.
Recomendo a receita como manda o Chef, mas servi com batatas ao forno. O Chef sugeriu uma batata galette. Vou postar a batata depois.

Molho Rosé

Ingredientes:
1 colher (sopa) de manteiga;
1 cebola roxa picada;
1 dente de alho picado;
1 colher (sopa) de conhaque;
1 colher (sopa) de vinagre balsamico;
100 ml de vinho branco seco;
1 colher (sopa) de tomate concentrado;
300 ml de creme de leite;
salsa picada;
sal;
pimenta do reino;

Como fazer:
Puxar na manteiga a cebola e o alho. Déglacer com conhaque, vinagre balsâmico e vinho branco. Colocar o tomate concentrado e reduzir totalmente. Acrescentar o creme de leite. Reduzir em 1/4 e temperar com salsa, sal e pimenta. Finalizar com salsa picada.

Para a Carne

Ingredientes:
175g de manteiga;
1 colher (sopa) de cada pimenta: branca, preta, rosa e verde.
3 colheres de alho;
150g de pão de forma ralado;
50g de queijo tipo suisse;
4 filés mignon limpos (200g cada);
sal;
pimenta do reino;

Como fazer:
Para a Crosta: Derreter 175g de manteiga e suar nesta manteiga 1 colher (sopa) de cada pimenta: branca e preta (as duas amassadas), rosa e verde. Deixar tostar e colocar 3 colheres de alho picado. Retirar do fogo e misturar 150g de pão de forma ralado, 50g de queijo tipo suisse ralado e temperar. Deixar esfriar. Se quiser uma massa mais fina, ainda pode bater tudo em um processador de alimentos.
Carne: Temperar o filé com sal e pimenta do reino e puxar numa frigideira até o cozimento desejado. Retirar da frigideira e cobrir (um lado só) com a crosta de pimenta. Gratinar no forno, até ficar tostado e crocante.

Dispor o molho e a carne por cima para servir. Salpicar com salsinha.

Receita de nhoque ao gorgonzola – Que Marravilha!

Acho que é a primeira vez que eu discordo do Claude Troigois. Sempre faço as recitas, desde as mais simples até as mais malucas. Confesso que eu sempre acho que não vai dar certo, e no final: Que Marravilha!! Ele sempre me surpreende. No final de tudo, eu paro e penso: Tenho muito o que aprender.
Fiz esse nhoque no terças lá em casa.  Todo o processo foi trabalhoso, a cada fase do nhoque uma prova e que delícia! O nhoque cru, o nhoque cozindo, o nhoque frito e vamos ao molho. Confesso que só de ler a receita achei um exagero a quantidade de gorgonzola. Coloquei menos: 150g. Para mim ainda é muito, mas muito forte. Recomendo não seguir a receita ao pé da letra. Acho que eu reduziria para 100g e ia provando.

Segue o link: http://gnt.globo.com/receitas/Receita-de-nhoque-ao-gorgonzola.shtml
Vou transcrever a receita conforme a original.





Serve 4 pessoas

NHOQUE

600g batata
120g farinha de trigo
3 gemas
80g queijo parmesão ralado
60g queijo mussarela ralado
180g ervilhas frescas cozidas
sal a gosto
pimenta do reino moída na hora a gosto
noz moscada a gosto

Enrole em papel alumínio as batatas lavadas e asse no forno pré-aqeucido a 180°, até que elas fiquem macias (aproximadamente 40 minutos).  Depois, descasque as batatas ainda quentes, faça um purê e misture com todos os outros ingredientes, menos as ervilhas. Enrole e corte o nhoque do tamanho que quiser. Jogue o nhoque em água fervendo. Quando subir (aproximadamente 5 minutos), retire e coloque em água com gelo. Seque imediatamente com um pano e frite o nhoque no azeite. Depois, acrescente as ervilhas.

MOLHO       

300ml creme de leite    
200g queijo gorgonzola   
sal a gosto
pimenta do reino moída na hora a gosto  

Ferva o creme de leite e o queijo gorgonzola até que derreta e adquira uma consistência cremosa. Tempere com sal e pimenta.

FINALIZAÇÃO

Coloque o nhoque em uma travessa, cubra com o molho e complete com queijo parmesão ralado.

SUGESTÃO DE VINHO

Barbera d’Alba Gallina 2006
Uva: Barbera
Safra: 2006
Produtor: La Spinetta
Região: Piemonte
País: Itália

Contrafilé Assado com Aspargos – Laboratório de Receitas

Ju, essa é para você. E é pra fazer! Como eu sei que você só gosta de carne crua, acho melhor não deixar os 40 minutos que a receita manda.
Acabei não usando o contrafilé porque não gosto muito. Usei o miolo da alcatra, mas acho que pra quem gosta o contrafilé deve ser mais saboroso mesmo.
A receita é maravilhosa. Acabou em poucos minutos.

Fica a dica do site onde eu peguei a receita, muito bom!
Vou transcrever como está lá.
http://www.laboratoriodereceitas.com/2010/08/contrafile-assado-com-aspargos.html







*Contrafilé 
1º Etapa:

1kg de contrafilé
Pimenta do reino moída
Sal
2 dentes de alho amassados
1 ramo de alecrim
1 ramo de tomilho
1 colher de sopa de mostarda Dijon
4 colheres de sopa de óleo de soja
Temperar a carne com pimenta, tomilho, alecrim, mostarda dijon e os alhos amassados.
Deixar marinar dentro da geladeira por 1 hora.
Colocar sal, amarrar a carne com pedaços de barbante, nas pontas e no meio, não apertar muito.
Esquentar bem uma frigideira, acrescentar o óleo, esquentar.
Fritar a carne até que todos os lados fiquem dourados. (Fogo alto, assim sela a carne por fora e fica suculenta por dentro).
2°E
2°Etapa:
1 alho-poró cortado em rodelas
1 cenoura descascada e cortada em rodelas.
Meia cabeça de alho com casca. (Ver foto no final da receita)
Colocar a carne numa assadeira com a metade da cabeça de alho, a cenoura e o alho-poró, levar ao forno a 180°, por 40 minutos (carne ao ponto, se preferir, deixe mais tempo).
Retirar do forno, deixar descansar em outra travessa por 3 minutos. Cortar em fatias.
*Molho da carne:
Com os vegetais ainda na assadeira quente, acrescentar 200ml de caldo de carne, 1 taça de vinho tinto e 100g de manteiga.
Espalhar e levar ao forno por 5 minutos.
Coar o molho e se preferir, reduzir (colocar na panela e deixar ficar mais grossinho).

*Aspargos 

2 maços (calcular uns 4 por pessoa).
Cortar a base que é mais fibrosa, medir uns 3 dedos a partir da base (parte verde clara na foto) e descascar essa parte (delicadamente).
Deixar ferver bastante água com sal, acrescentar os aspargos e deixar 2 minutos. Retirar e dar choque térmico (colocar num bowl com água e gelo).
Aquecer uma frigideira, adicionar 50g de manteiga e refogar rapidamente os aspargos com 2 dentes de alho picadinhos, sal e pimenta do reino.

* Montar numa travessa, os aspargos, a carne fazendo um leque e regar com o molho. Servir com arroz branco. 

* Colocar o resto do molho numa molheira e deixar na mesa para quem quiser mais.


Penne alla Carbonara – Roberta Sudbrack

Almoço para amigas, sempre muito bom.
Esta receita aprendi no T&D da Roberta Sudbrack. A experiência é incrível. Recomendo.

Vamos as dicas da Chef:
1) Passar a gema em uma peneira. (Não use metal para não oxidar).
2) Comprar um bacon bem carnudo.

Ingredientes:
200g de bacon com bastante carne
azeite de oliva extra virgem
6 gemas de ovos caipiras
100 ml de creme de leite fresco
150g de parmigiano ou grana padano ralado
200g de penne de grana duro

Como fazer:
Cozinhe a massa al dente (não coloque óleo, só mexa as vezes).
Corte o bacon em cubinhos. Em uma frigideira com pouquíssimo azeite doure o bacon em fogo bem baixo para que libere aos poucos a sua gordura. Quando o bacon estiver bem dourado, mas não torrado, devem manter a umidade, retire um pouco da gordura. Mas mantenha um pouco para temperar a massa. Bata as gemas com o creme de leite fresco e metade do parmigiano. Misture a massa ainda quente ao bacon e parte da gordura. Junte rapidamente a massa a mistura dos ovos e mexa vigorosamente (a mistura com ovos não pode ir ao fogo). Sirva imediatamente com o restante do queijo polvilhado por cima.

Hambúrguer ao Molho de Mostarda – Panelinha

Estou em busca do melhor hambúrguer para agradar a minha afilhada. Já tentei diversas receitas e até hoje só uma tinha sido publicada. Este hamburguer foi recomendação da Ciça. Realmente é muito saboroso e tem uma harmonia perfeita com a mostarda. Sirva como manda o figurino, sem pão.
Para comer com pão e ketchup fique com o da Nigella.

Trecho do Livro Panelinha:
“Aqui o importante é usar uma boa carne. Pode ser patinho. Mas compre em um açougue de confiança, mande moer na hora e evite a carne congelada. Prepare batatas da maneira que você mais gosta, dispense o pão e sirva com este incrivel molho de mostarda.”

Ingredientes:
Para o hambúrguer
200 g de carne moída (patinho)
1 colher (sopa) de azeite de oliva
sal e pimenta do reino a gosto

Para o molho
1 colher (sopa) de mostarda dijon
2 colheres (sopa) de creme de leite
1 colher (sopa) de leite
sal e pimenta do reino a gosto

Como fazer:
Com as mãos, misture a carne com o azeite, o sal, e a pimenta do reino, e forme uma bolota. Aperte a bolota para formar o hambúrguer e pressione o centro ligeiramente com o dedão, caso queira que o hambúrguer fique mais plano depois de pronto.

Leve ao fogo alto uma frigideira antiaderente. Regue com óleo e, quando esquentar bem, coloque o hambúrguer para dourar por 6 minutos de cada lado. Se quiser a carne bem passada, deixe por mais 2 minutos de cada lado. Retire o hambúrguer da frigideira e transfira para um prato.

Sem lavar a frigideira, adicione todos os ingredientes do molho e leve ao fogo médio. Misture bem para incorporar os sabores da carne (que ficaram na frigideira) e, quando começar a engrossar, regue sobre o hambúrguer.

Spaghetti com limão siciliano – Roberta Sudbrack

Recomendo a receita. Vou postar o texto da Roberta Sudbrack.
Sem mais.











Ingredientes:
400g de spaghetti
500g de creme de leite fresco
2 tomates firmes italiano
1 limão siciliano
salsinha fresca
queijo parmeggiano a gosto
sal e pimenta do reino

Como fazer:

“Com a ajuda de um ralador ou zester, tire casquinhas do limão (tanto faz ser o galego ou siciliano);  Coloque 500ml de creme de leite fresco em uma panelinha, abra o mesmo limão e esprema todo o líquido no creme de leite.
Coloque a panela em fogo baixo para ferver e encorpar por uns 3 minutos.
 Retire a panela do fogo e tempere com sal e pimenta do reino moída na hora (sempre moída na hora!).
 Lave a salsinha e seque muito bem, se possível com a ajuda de um secador de folhas ou papel toalha. É sempre importante secar as ervas antes de cortá-las.
 Corte a salsinha em pedacinhos bem pequenos, “batidos”, como a gente chama na cozinha.
 Retire a pele do tomate com a ajuda de um descascador de legumes, ou de uma faca bem afiada.
Retire também as sementes e o miolo. Corte os tomates em pequenos cubinhos.  Rale o parmeggiano.
Faz toda a diferença ralar um queijo sensacional como esse o mais próximo da hora de servir o prato.
Podem acreditar, são detalhes que fazem toda a diferença;  Cozinhe a massa em água fervente com uma pitada de sal, mas sem óleo ou azeite!
Colocar óleo ou azeite na água do cozimento da massa não ajuda em nada e na verdade só dificulta a aderência do molho; 
Escorra a massa, misture com o creme de limão.
Acrescente os tomates em cubinhos, as rapinhas de limão e a salsinha por cima.
E finalmente um pouco de parmiggiano reggiano recém ralado!
Respire bem fundo, feche os olhos e sorria.”  

Filé de cherne com banana – Claude Troisgros

Tinha muito tempo que queria fazer esta receita, a foto no livro do Claude Troisgros me dá água na boca.
Eu e a Ju namoramos a receita, compramos os ingredientes e fomos para a cozinha.
Vale trocar o cherne, o Claude Troisgros autorizou, no livro ele diz que ele prefere com cherne, mas que vale também usar o linguado, namorado, badejo, garoupa, robalo e até bacalhau fresco.

 Ingredientes:
4 filés de cherne
sal e pimenta do reino
azeite
4 bananas-da-terra
200g de manteiga sem sal
1 colher de manteiga sem sal
80g de cebola picada
2 dentes de alho picado
suco de 1 limão
50 ml de molho de soja
60g de passas pretas
60g de passas brancas
80ml de caldo de frango ou água
salsinha ou coentro picado
sal
pimenta do reino moida grosseiramente

Como fazer:
Preparar a manteiga noisette: (manteiga marrom claro e com cheiro de avela)
Colocar em uma frigideira a manteiga e deixar formar espuma. Quando a manteiga parar de espumar, ficará marrom clara e com cheiro de avelã. Retirar imediadamente do fogo. É importante interromper o cozimento neste momento, senão a manteiga pode queimar. Para isso, é só jogar uma colher de manteiga fria na manteiga noisette. Temperar com sal e pimenta.

Preparar o Molho de passas:
Juntar a manteiga noisette, a cebola, o alho, o suco de limão, as passas, o molho de soja e temperar. Ferver 1 min e colocar o caldo de frango ou água. Finalizar com coentro ou salsinha.

E o restante..
Temperar o peixe com sal e pimenta moída na hora e puxar no azeite de um lado, até ficar bem tostado (6 min). Retirar e colocar em uma assadeira. Assar no forno a 180C durante 6 min.
Enquanto isso, cortar 4 bananas-da-terra ao meio (horizontalmente) e caramelizar no azeite, na mesma frigideira. É bem rápido, não deixar passar do ponto. 
Colocar na travessa, ou no prato, dispor o peixe e por cima o molho de passas.