Camarão com Catupiry – Barão

 

Uma das maneiras de matar as saudades da Barão é comer as delícias que eram servidas lá. Esse camarão com catupiry é fenomenal e muito simples de fazer.

Vai ter aqui em casa hoje!

IMG_3378

 

INGREDIENTES/UTENSÍLIOS

  • 400g de catupiry
  • 1/2 kg de camarão limpo (ou 1kg sujo)
  • 2 tomates
  • 1 cebola
  • 3 dentes de alho
  • 2 colheres (sopa) de molho de tomate pronto
  • 1/2 limão
  • Salsinha batida a gosto
  • Sal e pimenta a gosto
  • 2 colheres (sopa) azeite
  • farinha de trigo (só se necessário)

COMO FAZER

  1. Tempere o camarão depois de limpo com o limão, sal, pimenta, salsinha e o alho amassado. Deixe na geladeira por 40 minutos.
  2. Espalhe o catupiry de maneira uniforme em uma travessa e reserve.
  3. Pré aqueça o forno (médio).
  4. Refogue a cebola no azeite. Quando a cebola tiver translucida adicione o tomate.
  5. Adicione o camarão quando o tomate tiver desmanchando. Você pode apertar com uma colher para agilizar o processo.
  6. Quando o camarão ficar rosa, adicione o molho de tomate. Deixe o camarão cozinhar até que fique quase no ponto de comer.Tire um pouquinho antes pois o cozimento será finalizado no forno. Caso fique muito líquido, engrosse com meia colher de sopa de farinha de trigo dissolvida em um copo com 3 dedos de água.  (Quase nunca é necessário. Lembre que quando for ao forno o líquido irá secar naturalmente.)
  7. Coloque o refogado na travessa onde está o catupiry.
  8. Leve ao forno por 10 minutos. O catupiry começará a borbulhar.

Sirva com o que quiser. Eu não abro mão do arroz branco neste caso.

Serve 4 pessoas com sorte!

Anúncios

Spagetthi de abobrinha com molho de tomate rústico

Para quem gosta de massa com molho de tomate e de abobrinha esta receita fará sucesso. Serve como uma boa alternativa para diminuir os carboidratos e como a abobrinha fica al dente a sensação é de estar comendo uma macarronada. Eu adoro, é super simples de fazer e aqui em casa é muito bem recebida.
Você vai precisar de um cortador para facilitar o processo e acreditar no tempo de cozimento que eu vou dar para a abobrinha. Se você cozinhar demais, ela soltará muito água e o molho ficará ralo. Por este mesmo motivo, outra dica é fazer um molho rústico.
O molho pode ser pronto, com tomate natural ou pelati. Vou dar a receita com o molho de tomate pelati, mas use o da sua preferência.

collage

 

Ingredientes/Utensílios

  • 1 lata de tomate pelati;
  • 2 colheres (sopa) azeite;
  • 1 cebola pequena em cubinhos;
  • 2 dentes de alho amassados;
  • De 1 a 2 xícaras de água;
  • 1 pitada de açúcar mascavo;
  • sal e pimenta do reino;
  • 3 abobrinhas médias;

Como fazer

  1. Comece pelo molho de tomate: Refoque a cebola no azeite.
  2. Quando tiver transparente, junte o alho para refogar.
  3. Junte o tomate e o líquido da lata.
  4. Amasse o tomate com uma espátula.
  5. Tempera com sal e pimenta do reino.
  6. Quando o tomate começar a ferver, junte a xícara de água e abaixe o fogo.
  7. Deixe cozinhar por mais ou menos 1 hora (panela tampada) e mexa às vezes para não queimar. Sempre que o molho secar, adicione mais água. Só tome cuidado porque o molho deve ficar com pedaços e mais grosso. Lembre-se de que quando a abobrinha for inserida, ela soltará uma água natural, deixando ele mais ralo.
  8. Acerte o sal, pimenta e adicione uma pitada de açúcar mascavo; Reserve
  9. Com o cortador, fatie a abobrinha. A parte com caroço não deve ser utilizada, a abobrinha precisa ficar al dente.
  10. Esquente o molho se precisar e coloque a abobrinha fatiada  para cozinhar no molho. Deixe apenas 3 minutos. Ela deve ficar al dente. Para maiores quantidades você pode precisar de mais tempo. Vá experimentando.
  11. Sirva imediatamente.
Você pode usar um queijo parmesão ralado, ou queijo minas padrão para manter o prato light.

 

Serve 2 pessoas.

Picadinho Oriental – Rita Lobo

Tentando variar o picadinho fui em busca de uma receita diferente. Encontrei esta da Rita Lobo, que eu adoro, e coloquei a mão na massa.

Adicionei castanha de caju e servi somente com arroz branco. O jantar ficou uma delícia. Está ai a dica!

photo278046798695737263

 

INGREDIENTES/UTENSÍLIOS

  • 1 kg de filé-mignon;
  • 2 xícaras (chá) de abacaxi em cubinhos;
  • 3 dentes de alho picadinhos;
  • 1 colher (chá) de gengibre ralado;
  • 2 colheres (sopa) de óleo;
  • 1/3 de xícara (chá) de saquê;
  • 1/3 xícara (chá) de shoyu;
  • 1 colher (sopa) de maisena dissolvida em 1 1/2 xícara (chá) de água;
  • sal e pimenta;
  • castanha de caju;

COMO FAZER

  1. Fatie a peça de filé-mignon em bifes de cerca de 1 cm. Corte os bifes em tirinhas e as tirinhas em cubinhos.
  2. Corte o abacaxi em fatias de cerca de 1 cm, as fatias em tiras e as tiras em cubinhos.
  3. Leve ao fogo alto uma frigideira grande, de preferência antiaderente, ou uma panela wok. Coloque o óleo e, quando estiver bem quente, junte a carne picadinha e deixe dourar por 2 minutos.
  4. Junte os dentes de alho, o gengibre e mexa bem por mais 1 minuto.
  5. Adicione o saquê e o shoyu e deixe cozinhar por mais 2 minutos, acrescentando em seguida o abacaxi.
  6. Acrescente a maisena dissolvida em água e mexa bem, em fogo alto, até o molho engrossar. No final, adicione a castanha de caju. Sirva imediatamente. Se for empratar, decore com ramos de tomilho ou de cebolinha francesa.

Atenção: Se não for servir imediatamente, depois de juntar o abacaxi, desligue o fogo e deixe para acrescentar a maisena dissolvida em água na hora de esquentar para servir.

Risoto de tomate seco e mussarela de búfala – Lu Rezende

Este risoto foi feito pela minha querida cunhada Luiza. Ela sempre nos recebe com mesas lindíssimas, floridas, que tornam a refeição sempre muito especial. Os pratos sempre são pensados para agradar os convidados. A Lu é extremamente delicada e tem o dom de receber.  A família adora quando ela entra na cozinha e se o prato é risoto, não sobra nada! Convidamos ela para fazer um risoto lá em casa e aqui está o resultado.

O Risoto é sempre uma forma de reunir os amigos na cozinha e fazer com que eles participem de todo o processo do jantar. Eu adoro este momento de cozinhar, conversar, provar…delícia!

Risoto da Lu

 

INGREDIENTES/UTENSÍLIOS

  • 500g de arroz arbóreo;
  • 1/2  xícara de vinho branco seco;
  • 2l de caldo de legumes;
  • 1 cebolas grandes picada em pedaços pequenos;
  • 2 colheres (sopa) de azeite;
  • 300g de tomate seco;
  • 300g de mussarela de búfala;
  • 50g de queijo parmesão ralado;
  • sal;
  • 1 colher (sopa) de manteiga;
  • manjericão;

MISE EN PLACE

  1. Prepare o caldo de legumes.
  2. Separe 2 panelas: uma para o caldo e outra para o risoto.
  3. Separe todos os ingredientes.
  4. Pique a cebola em pedações pequenos.
  5. Pique o tomate seco em pedações pequenos – Dica da Lu: use uma tesoura.
  6. Pique a mussarela de búfala.
  7. Pique as folhas de manjericão.

COMO FAZER

  1. Coloque o caldo em uma panela para ferver. Quando ferver abaixe o fogo. Mantenha o caldo no fogo para que ele continue quente.
  2. Em outra panela, esquente o azeite e refogue a cebola até dourar.
  3. Junte o arroz e refoge por uns 2 minutos.
  4. Adicione o vinho branco seco e mexa até o vinho evaporar.
  5. Coloque 2 conchas do caldo e mexa sem parar. Quando o caldo tiver secando, adicione outra concha e repita o processo a medida que o caldo for evaporando. O processo deve levar aproximadamente uns 17 minutos ou até que fique no ponto (al dente e cremoso).
  6. Quando o arroz ficar no ponto, misture o tomate seco picadinho.
  7. Desligue o fogo.
  8. Coloque uma colher de manteiga e mexa bem. Isso vai dar brilho ao risoto.
  9. Junte a mussarela de bufála, o manjericão e misture.
  10. Acerte o sal.
  11. Coloque o risoto na travessa que irá servir e salpique o queijo ralado.
  12. Sirva imediatamente.

Dica: Não deixe o caldo evaporar todo para que o risoto não fique seco.

Serve 6 pessoas.

Arroz de coco com camarões – CT

Essa receita vi no Que Marravilha e resolvi fazer para agradar meu marido no nosso aniversário. Ele adora comida com leite de coco. Amamos a receita e com certeza vai entrar para o cardápio da família. Já estou com vontade de comer de novo!

Não usei toda a quantidade de gengibre indicada, achei muito.Usei só a metade.

Não fritei as cabeças de camarão. Aqui em casa isso não ia fazer sucesso. Mas tente com isso, algo crocante ficará ótimo com o prato. Da próxima vez vou fazer coco frito na manteiga (ralado no ralo grosso) para o croc croc.  Também não usei camarão VG.

Clique aqui para ver a receita original. Tem video.

camarao

 

INGREDIENTES/UTENSÍLIOS

  • 4 cebolas roxas grandes fatiadas;
  • 1 colher (sopa) de farinha de trigo;
  • 500 ml de água ou caldo de legumes; (se o caldo não for feito em casa, use água)
  • 120 ml de vinho branco seco;
  • 2 colheres (sopa) de azeite;
  • 1 colher (sopa) de manteiga;
  • 2 dentes de alho picado;
  • 1 bouquet garni;
  • sal e pimenta do reino;
  • torradas de pão baguete amanhecido;
  • 300g de queijo tipo suisse ralado ou gruyère.

COMO FAZER

  1. Esquente o azeite e derreta a manteiga.
  2. Junte as cebolas e o alho e refogue até dourar.
  3. Junte o vinho branco e deixe ferver.
  4. Coloque a farinha de trigo e misture bem.
  5. Adicione a água e o bouquet garni.
  6. Ferva por 20 a 30 minutos em panela tampada.
  7. Na hora de servir, verifique o tempero e coloque um pouco de sopa em uma cumbuca. Cubra com torradas e uma camada do queijo.
  8. Leve ao forno quente para gratinar.

Serve 4 pessoas.

Macarrão com presunto da Valerinha

Domingo passado, para matar a saudade da família, fizemos o macarrão da minha sogra lá em casa. O macarrão é assim: impossível parar de comer, fácil de fazer, com sabor de família e com direito a disputa pela crosta do queijo. A receita que fizemos não é a original dela, mas é uma delícia e tem uma história.

Um dia, para agradar o Miguel, eu fiz o macarrão como eu achava que era. Ele adorou, agradeceu, comeu muito e no final me disse: está uma delícia, mas o da minha mãe é diferente e muito melhor. Ele tem toda razão. Nas férias, ela fez o macarrão na minha casa e eu descobri que tem um segredinho que realmente muda tudo. Eu não vou contar. A receita que está ai já é gostosa o bastante, melhor que isso só feita pela minha sogra. 🙂

 

IMG_0235
IMG_023410560EEC-838E-4CFE-9B0D-52F34A11ED53

Ingredientes/Utensílios

  • 1 cebola picada em cubinhos;
  • 1l de leite;
  • 3 colheres de sopa de farinha de trigo;
  • 3 colheres de sopa de manteiga;
  • 500g de penne cozinho al dente;
  • 300g de presunto fatiado cortado em cubinhos;
  • queijo parmesão a gosto;
  • noz moscada a gosto;
  • sal e pimenta;

Como fazer

  1. Em uma panela, refogue a cebola na manteiga até que fique translucida.
  2. Faça o molho de acordo com o molho branco. A única diferença está na cebola, que é refogada com a manteiga e só depois a farinha é acrescentada.
  3. Tempre o molho com noz moscada e acerte o sal e pimenta. Cuidado com o noz moscada, é forte e pode roubar o sabor.
  4. Coloque o presunto cortado no molho e misture.
  5.  Misture o penne já cozinho no molho e coloque em uma travessa em duas camadas: penne, queijo parmesão ralado e novamente penne e queijo parmesão ralado.
  6. Leve ao forno para gratinar.

Chame a família!

Serve 4 pessoas.

Lasanha de Beringela com carne moída

Jantar de hoje. Ou meu marido se apaixona por beringela, ou rompe com ela de vez.

Uma delícia disfarçada de lasanha. 

lasanha Desktop1

Ingredientes/Utensílios

  • 1/2 cebola média picada em cubos;
  • 2 dentes de alho amassados;
  • 1 tomate maduro cortado em cubos sem as sementes;
  • 150g de carne moída;
  • 1 colher de extrato de tomate;
  • 100 ml de água, se for preciso;
  • 1 beringela grande;
  • 6 colheres de sopa de queijo minas padrão ralado;
  • tomilho fresco a gosto;
  • manjericão fresco a gosto;
  • sal e pimenta do reino a gosto;
  • azeite;

Como fazer

  1. Fatie a beringela no sentido do comprimento. A fatia deve ter uma espessura de aproximadamente 5 cm para a lasanha não desmontar.
  2. Pincele azeite no tabuleiro, disponha as beringelas, coloque sal e pincele mais um pouco de azeite sobre elas.
  3. Leve ao forno pré aquecido (180ºC) por 30 minutos.
  4. Enquanto a beringela está no forno,  refogue, em um fio de azeite, o alho e a cebola até que a cebola fique translúcida.
  5. Acrescente o tomate e deixe por 2 minutos.
  6. Junte a carne moída e tempere com sal e pimenta.
  7. Deixe a carne cozinhar. A carne soltará água naturalmente. Quando a água da carne secar, acrescente o manjericão, o tomilho, o extrato de tomate e a água se for necessário. O molho não deve ficar muito líquido.
  8. Acerte o sal e a pimenta e reserve.

Lasanha:

  1. Em um pirex que possa ir ao forno, coloque uma camada do molho com a carne, uma camada de beringela, outra camada de molho, o queijo ralado e vai repetindo este processo. A última camada deve ser de beringela.
  2. Salpique por cima desta beringela mais um pouco do queijo minas padrão ralado.
  3. Leve ao forno, na mesma temperatura  (180ºC), por mais 30 minutos.

Você pode deixar esta receita tão light quanto queira. Reduza a quantidade de azeite e não use muito queijo!

Serve 2 pessoas.

Frango ao molho de missô – Panelinha

O Terças lá em casa está de volta e agora com força total. Inclusive estou ouvindo dizer que terá novas integrantes para reforçar o time. Toda semana iremos experimentar novas receitas, fáceis ou difíceis, e as que valerem a pena entrarão para o blog. Vamos que vamos!!

Este franginho grelhado marcou a reinicio do Terças lá em casa.  Eu não gosto de frango, mas quando ele está bem temperado eu até como. Experimentei e achei que este vale a postagem.

Frango aprovado! Já está no cardápio da família.

A receita não tem sal e é proposital. O missô é muito salgado.

IMG_0105

 

 

Ingredientes/Utensílios

  • 2 colheres (sopa) de missô (pasta de soja)
  • 1 colher (sopa) de shoyu (molho de soja)
  • 1 colher (sopa) de azeite
  • 1 ou 2 filés de peito de frango
  • 1/2 xícara (chá) de água

Como fazer

  1. Numa tigela, misture o missô, o shoyu e ½ colher (sopa) de azeite. Junte o frango, espalhe a mistura sobre ele, cubra a tigela com filme e leve à geladeira por 20 minutos. Enquanto isso, prepare a mandioquinha cozida a vapor do post anterior.
  2. Leve uma frigideira ao fogo médio. Regue com o azeite restante e, quando estiver bem quente, coloque o peito de frango para dourar por 5 minutos de cada lado. (Reserve a marinada na tigela, pois será usada para o molho.) Se for um filé muito grosso, pode deixar mais 1 minuto de cada lado. Depois que colocar o frango na grelha, não mexa mais. Ele só desgruda quando estiver pronto. Se quiser fazer dois filés, doure os dois ao mesmo tempo.
  3. Quando o frango estiver pronto, transfira para uma tábua. Coloque a marinada na frigideira e, com uma colher, misture por 30 segundos. Regue com a ½ xícara (chá) de água e deixe ferver até engrossar.
  4. Enquanto isso, corte o frango em fatias grossas.  Viu como é fácil?

http://panelinha.ig.com.br/site_novo/receita/receita.php?id=300279

Serve 1 ou 2 pessoas.

Risoto ao brie, parma, tomate e rúcula – CT

Jantar para amigos queridos em uma sexta feira. Super prático e uma delícia. Boa pedida para o dia dos namorados. Cuidado com a quantidade de brie!

O receita é a original do Claude Troisgros.

photo

Ingredientes – Molho de Tomate

  • 4 tomates maduros; 
  • ½ cebola picada 
  • 1 dente de alho picado
  • 1 colher de sopa de azeite
  • ½ colher de sopa de extrato de tomate
  • 80 ml água
  • Sal
  • Pimenta-do-reino moída na hora

Como fazer – Molho de Tomate

  1. Faça um pequeno corte em cruz nos tomates, coloque-os em água fervendo por 2 minutos e depois jogue-os imediatamente em água com gelo por mais 2 minutos. Assim, será muito mais fácil descascar e retirar as sementes.
  2. Em uma panela, coloque o azeite e refogue a cebola e o. Acrescente os tomates sem pele e sem sementes cortados em cubos. Junte o extrato de tomate e a água e deixe cozinhar em fogo baixo até reduzir. Tempere com sal, pimenta-do-reino e um fio de azeite e bata tudo no liquidificador.

Ingredientes – Risoto

  • 2 colheres de sopa de cebola picada
  • 300g  arroz arbório
  • 1 copo de vinho branco seco
  • 8 a 10 conchas de água ou caldo de frango fervente
  • 1 colher de sopa de manteiga
  • 300g queijo brie em cubos
  • 4 fatias de presunto de parma cortados em tiras finas
  • Folhas de rúcula
  • Sal
  • Pimenta-do-reino moída na hora

Como fazer – Molho de Tomate

  1. Refogue a cebola no azeite. Acrescente o arroz e refogue por mais 5 minutos. Coloque o vinho branco e deixe reduzir um pouco. Acrescente 1 concha de água ou caldo de frango fervente e deixe reduzir até secar, sem parar de mexer. Continue a mesma operação, colocando 1 conchas de água ou caldo de frango sempre que secar, até atingir de 8 a 10 conchas ou 20 minutos, mexendo sem parar.
  2. Adicione o queijo brie, o presunto de parma e a manteiga, mexendo por mais 5 minutos. Verifique os temperos, desligue o forno e coloque a rúcula.
  3. Coloque o risoto no prato fundo. Regue com o molho de tomate e algumas gotas de azeite extravirgem. Decore com folhas de manjericão e se quiser, rale parmesão por cima.

Serve 4 pessoas.